Como fazer um programa de colesterol

Atualizado: 7 de Ago de 2019



O colesterol pode ser considerado um tipo de gordura (lipídio) produzida pelo organismo, que desempenha funções essenciais como a produção de hormônio e de vitamina D. Porém, o excesso de colesterol é prejudicial à saúde, pois, aumenta o risco de desenvolver doenças cardiovasculares.

Atualmente, cerca de 40% dos brasileiros tem colesterol alto e, aproximadamente, 17 milhões de pessoas morrem em todo o mundo devido às doenças do coração, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Por esse motivo, programas e serviços de controle a dislipidemias estão cada vez mais comuns em drogarias e farmácias, com intuito de conscientizar a população sobre a prevenção e redução de risco a essas doenças.

Como funcionam os Serviços Farmacêuticos

Durante a prestação de serviços farmacêuticos, podem ser realizados diversos procedimentos de apoio, a fim de agregar informações sobre o paciente ou aplicar recursos terapêuticos necessários ao processo de cuidado em saúde.

Segundo o Conselho Federal de Farmácia - CFF (2016) A verificação/monitorização de parâmetros clínicos, objetivos e subjetivos, pode ser solicitada pelo paciente ou por profissional, de forma isolada, em procedimentos que são conhecidos internacionalmente como point-of-care testing. Correspondem, entre outras, à realização de medida da pressão arterial, glicemia capilar, colesterol e triglicerídeos capilares, verificação da temperatura, antropometria e fluxo respiratório. Pode ainda incluir a mensuração de parâmetros farmacocinéticos clínicos.

Esses serviços visam colaborar para detecção rápida, orientação e encaminhamento de pessoas com alterações dos níveis de lipídeos sanguíneos, para diagnóstico médico e tratamento apropriado. Além disso, o programa auxilia os pacientes a compreenderem melhor sua condição clínica e tratamento, estimulando o autocuidado apoiado e o alcance de resultados terapêuticos ótimos.


Testes rápidos de Colesterol

Visto como serviços de menor complexidade, esses testes rápidos tornam-se fundamentais para o acompanhamento das dislipidemias. A metodologia do teste é semelhante ao teste rápido de glicemia, na qual é utilizado apenas uma gota de sangue. Dessa forma, é possível a verificação do perfil lipídico do paciente. Vale ressaltar que esse teste não tem finalidade de diagnóstico.

No mercado já existem tecnologias que permitem a leitura instantânea de diversos dados como o colesterol total, o colesterol fracionado e triglicerídeos. Os Point of Care são equipamentos e dispositivos portáteis que possibilitam a realização de exames fora de um ambiente convencional de laboratório, geralmente esses exames requerem uma pequena amostra de sangue (gota) que permite gerar resultados praticamente imediatos, auxiliando em decisões clínicas num curto intervalo de tempo.


Respaldo Legal

A prática desses serviços farmacêuticos em drogarias vem se consolidando de maneira crescente após o surgimento de um novo modelo de atuação denominada Farmácia Clínica. Com a publicação da Lei nº 13.021/2014, que reconhece a farmácia como estabelecimento onde se presta assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação sanitária individual e coletiva, existe a tendência das farmácias expandirem a oferta de testes de saúde, entre eles o perfil lipídico. A realização de testes do painel lipídico nas farmácias e drogarias, como autoteste ou Teste Laboratorial Remoto (TLR), depende de regulamentação específica da ANVISA.

Legislações como a RDC nº 44, de 17 de Agosto de 2009,esclarecem informações sobre esses serviços, conforme o no Art. 69 que descreve: “ a aferição de parâmetros fisiológicos ou bioquímico oferecida na farmácia e drogaria deve ter como finalidade fornecer subsídios para a atenção farmacêutica e o monitoramento da terapia medicamentosa, visando à melhoria da sua qualidade de vida, não possuindo, em nenhuma hipótese, o objetivo de diagnóstico”. Vale ressaltar que de acordo o Art.71, dessa mesma Resolução, é necessário que “para a medição de parâmetros fisiológicos e bioquímicos permitidos deverão ser utilizados materiais, aparelhos e acessórios que possuam registro, notificação, cadastro ou que sejam legalmente dispensados de tais requisitos junto à Anvisa.”

Em alguns estados como, no Rio de Janeiro com a Lei Estadual nº 3.081/98 e Goiás com a Lei Estadual, nº 18.135/13 existem legislações específicas que respaldam esse serviço farmacêutico, na qual é possível verificar nas farmácias e drogarias resultados fantástico de acompanhamento ao paciente.

Do ponto de vista do profissional, a Resolução do CFF no nº585/2013, que regulamenta as atribuições clínicas do farmacêutico, estabelece em seu artigo 7º, item XI, que o farmacêutico pode “solicitar exames laboratoriais, no âmbito de sua competência profissional, com a finalidade de monitorar os resultados da farmacoterapia”, e no item XIV, “determinar parâmetros bioquímicos e fisiológicos do paciente, para fins de acompanhamento da farmacoterapia e rastreamento em saúde”. Assim, o farmacêutico pode tanto operar os equipamentos e realizar os testes, como recomendar ao paciente a realização do perfil lipídico laboratorial. No entanto, considerando que exames solicitados pelo farmacêutico não são hoje cobertos pelos planos de saúde ou pelo SUS, o paciente deverá arcar com os custos do exame no sistema privado. Cabe frisar que esta solicitação não é feita com finalidade diagnóstica, mas para avaliar resultados do uso de medicamentos hipolipemiantes ou como rastreamento. Pacientes sem diagnóstico de dislipidemias devem consultar o médico.


Ambiente para Serviços Farmacêuticos.

É necessário que a qualidade do lugar onde o atendimento é realizado seja uma parte importante do acolhimento. A farmácia deve dispor de um espaço adequado para atendimento privado ou, no mínimo, semiprivado de pacientes. Segundo as normas de boas práticas de farmácia da ANVISA, o ambiente destinado ao cuidado farmacêutico deve ser distinto daquele destinado à dispensação e à circulação de pessoas em geral, devendo o estabelecimento dispor de espaço específico para esse fim. Pela legislação atual, não é obrigatório utilizar de diversos ambientes separados para realização de cada procedimento, sendo todos os serviços farmacêuticos realizados no mesmo ambiente.

Mesmo com legislações que dão cobertura e que permitem a estruturação e implementação efetiva da Atenção Farmacêutica, é necessário por parte dos farmacêuticos treinamentos e capacitações constantes para adquirir conhecimentos técnicos e desenvolver perfil clínico. Também se torna necessário para facilitar a prática desses serviços no local, a criação de modelos para validação de programa de acompanhamento as dislipidemias.

Franquias como a SMART CONSULTA, estão disponíveis no mercado, facilitando a implementação desses serviços com orientações, infraestrutura e equipamentos, treinamentos, consultoria farmacêutica e software clínico voltados para atender as expectativas e necessidades que os serviços das drogarias oferecem, com diretrizes que permitem a triagem de indicadores de saúde e levantamento de dados precisos que auxiliam os pacientes a compreenderem melhor sua condição clínica.


Passo-a-passo para o atendimento

1- Coleta de Informações:

Receba o paciente na sala de serviços e acomode-o sentado. Explique sobre os objetivos do serviço e o que será feito. Enquanto isso, inicie a coleta de dados importantes para a avaliação (anamnese) que depois serão entregues ao próprio paciente na declaração que será elaborada (declaração de serviço farmacêutico). Informe que este material pode ser entregue ao médico e constitui um documento da saúde do paciente.

2- Acompanhamento do paciente:

A partir da avaliação dos dados coletados na consulta, o farmacêutico identifica uma situação atual de saúde do paciente e propõe, se necessário, a aferição de parâmetros bioquímicos (teste rápido de colesterol) com finalidade de fornecer informações para a atenção farmacêutica. Essa etapa tem como objetivo a promoção de saúde e prevenção de doenças. É imprescindível enfatizar que esse processo não tem intuito diagnóstico e todas as informações coletadas e geradas para o paciente precisam ser documentadas.

3- Encaminhamento para outros profissionais de saúde:

É importante que o farmacêutico faça o encaminhamento do paciente ao médico com finalidade de definir corretamente o diagnóstico e o tratamento. O encaminhamento deve ser feito sempre por escrito. Jamais poderão ser indicados medicamentos ou alterados os medicamentos em uso pelo paciente quando estes possuírem restrição de “venda sob prescrição médica”.

4- Retorno do paciente a farmácia:

Peça o retorno do paciente, já que é fundamental o farmacêutico estar inserido nesse acompanhamento. Dessa forma o profissional pode monitorar os parâmetros fisiológicos e bioquímicos e realizar um melhor seguimento farmacêutico.

Com o diagnóstico médico pode-se iniciar um trabalho de acompanhamento que é especialmente importante em pacientes com dislipidemia ou eventos cerebrovasculares prévios, utilizando medicamentos hipolipemiantes e que estão com valores lipídicos não controlados ou sinais/sintomas relacionados à doença aterosclerótica. Nestes casos, pacientes com risco alto devem ter prioridade de acompanhamento.

5- Resultados:

Os principais resultados buscados pela Atenção Farmacêutica são a eliminação ou a redução da sintomatologia; a detenção ou a diminuição do progresso da doença; e a prevenção de uma doença ou de uma sintomatologia.


Cases de sucesso

Com o principal objetivo de acompanhamento, vários são os exemplos de casos de sucesso de trabalho voltado ao controle de dislipidemias concretizado pelo farmacêutico clínico. Estatísticas levantadas em Consultórios Farmacêuticos implantados por essa Franquia mostraram que pacientes que procuraram esse tipo de serviço obtiveram melhora na adesão ao tratamento, outros precisaram que realizar mudanças em sua terapia devido a intervenção do farmacêutico, que observou em muitos pacientes a necessidade de encaminhá-los a novas consultas médicas.

Resultados positivos de acompanhamento ao paciente pode ser observado no depoimento da Farmacêutica Clara Lopes (Drogaria São Pedro – Brasília de Minas/ MG): “Durante um atendimento no Consultório Farmacêutico a paciente M.G.T., 64 anos, me relatou sentir muito cansaço, cefaleia intensa e pressão arterial alterada. Depois de aferir a pressão da paciente que estava 150 mmHg x 80 mmHg, ofereci fazer um teste capilar de colesterol total, pois os sintomas apresentados por ela poderiam estar relacionados com a taxa de colesterol. Ao fazer o exame em jejum, o valor encontrado foi de 390 mg/dl. Com este resultado ofereci a paciente para fazer um acompanhamento farmacêutico mensal e, também, foi transmitida a paciente orientações para promoção de saúde. Como intervenção farmacêutica, encaminhei a paciente para seu médico cardiologista, visto a necessidade da supervisão de um profissional especializado nessa situação. Após um mês, a paciente retornou ao consultório para uma nova avaliação. O resultado do colesterol foi satisfatório. Abaixou para 150 mg/dl e a paciente relatou que não sentia mais cansaço e a pressão havia regulado para 120 mmHg x 80 mmHg. A paciente mostrou-se satisfeita com o atendimento e disposta a continuar a seguir as orientações recebidas. Com base nisso, conclui-se que o processo de acompanhamento farmacoterapêutico é muito importante para garantir o uso adequado do medicamento e um melhor controle das enfermidades. ”


Farmácias e Drogarias em prol da Saúde

Estudos têm mostrado que, com um cuidado adequado, muitas das complicações podem ser evitadas ou retardadas. Orientar os pacientes quanto ao autocuidado de sua condição é imprescindível para que os mesmos possam alcançar uma vida plena e saudável.

O farmacêutico clínico, através da proposta de seguimento farmacoterapêutico e atenção farmacêutica têm, assim, importante papel no controle e tratamento das dislipidemias e suas complicações. Com um conjunto de esforços clínicos e estrutura adequada para atender o paciente com alterações no perfil lipídico, é possível promover um acesso fácil a acompanhamentos que permitem trabalhar de maneira preventiva contribuindo com a melhora das condições de saúde do paciente e com encaminhamento médico precoce quando houver necessidade.

Os serviços de controle de colesterol e triglicerídeos são de extrema relevância para a saúde. Visto que, tais serviços visam oferecer à população a oportunidade de monitorar a própria saúde com mais conveniência, recebendo os laudos de forma rápida e com o auxílio de profissionais habilitados. Com esse serviço, o profissional farmacêutico, que exerce um papel fundamental na promoção da saúde, também pode contribuir para a identificação de doenças silenciosas.


Autora: Débora Silva Santos

Gerente Geral Smart Consulta | Farmacêutica

Débora Santos | Farmacêutica

33 visualizações
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone

Consultoria em Consultórios e vacinas

NOSSOS HORÁRIOS

Segunda a Sexta, das 08h00 às 18h.
 

Escritório central

Rua Stª Maria 286, Stº Maria Mall , 

Sala 202, Montes Claros/MG

CEP: 39400-115

© Copyright 2018 FRANQUIA SMART CONSULTA | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS